Linhas de Pesquisa

O Mestrado Profissional em Ciência de Sustentabilidade oferece duas linhas de pesquisa voltadas às complexidades, desafios e soluções definidos pelos problemas na transição para a sustentabilidade:

Sistemas Socioecológicos

A pesquisa em sistemas socioecológicos investiga como a Sociedade, que depende de recursos naturais, interage com a natureza de forma a desenvolver uma capacidade adaptativa a variados impactos e estresses (e.g.mudanças climáticas, eventos extremos, perda de biodiversidade, desertificação). Conhecimento gerado nesta linha de pesquisa resulta em melhor entendimento sobre como a boa governança (no sentido amplo) de sistemas socioecológicos é essencial para a transição desses sistemas em direção à sustentabilidade. A linha de pesquisa inclui temas relativos às novas abordagens de governança dos recursos naturais e discute vários estudos de caso relacionados à transição para a redução de riscos à saúde pública, a redução de vulnerabilidade a desastres naturais e à adaptação baseada em ecossistemas. Particular ênfase será dada ao potencial adaptativo da interação entre a ciência e a política socioecológica com a ciência e política de viés sociotecnológico. Dinâmicas interativas e interações com atores envolvidos em sistemas socioecológicos complexos serão utilizados para melhor compreensão dos desafios e potenciais soluções.

Sistemas Sociotecnológicos

Esta linha de pesquisa reúne projetos e disciplinas de formação profissional que examinam as interações entre a ciência e a sociedade para efetivas mudanças de gestão técnica, tais quais a transição para sistemas de baixocarbono (ligados à energia renovável, agricultura sustentável, cidades sustentáveis, ecoturismo, etc.) em resposta aos impactos sociais e ambientais da industrialização. A linha de pesquisa resulta em melhor conhecimento e potencial aplicação das soluções relacionadas à energia renovável, agricultura sustentável, cidades sustentáveis e ecoturismo. Serão apresentados estudos de caso que destacam como a inovação tecnológica é um vetor chave na transição de sistemas sociais em direção a economias de baixo carbono. A linha de pesquisa aborda tópicos relacionados ao potencial da ação em sistemas complexos em promover não só a mitigação de impactos ligados, por exemplo, às mudanças climáticas, mas também em promover modelos de adaptação. Nesse sentido, particular ênfase será dada ao potencial adaptativo da interação entre a ciência e a política.

A cada uma dessas linhas de pesquisa estão associados projetos de pesquisa que agregam de forma transdisciplinar diversos membros do quadro docente do programa e cobrem temas que vão da conservação da biodiversidade às mudanças climáticas, de sistemas rurais a sistemas urbanos, a componentes de políticas públicas e práticas do setor privado. A esses projetos correspondem também disciplinas específicas ou transversais, que são tratadas a seguir.

Estrutura do Programa de Mestrado Profissional em Ciência da Sustentabilidade

Área de Concentração

Linhas de pesquisa

Projetos

   

Sustentabilidade de sistemas socioecológicos

   

   

Planejamento do uso do solo

   

Sistemas socioecológicos

Conservação da Biodiversidade

   

   

Interface ciência tomada de decisão

Ciência da Sustentabilidade

   

   

Sustentabilidade no antropoceno

   

Sistemas Sociotecnológicos

Sustentabilidade no setor privado

   

   

Mudanças climáticas globais

   

   

Cidades Sustentáveis

*Clique nos projetos para saber mais